MENU

FOTÓGRAFO DE CASAMENTO EM LISBOA

Fotografia social documental

Bem-vindo/a

Chamo-me João Lourenço e sou fotógrafo documental de casamentos!

Ao longo dos últimos 8 anos fotografei cerca de 200 casamentos, tanto em Portugal como no estrangeiro. Ao longo do tempo desenvolvi o meu estilo de fotografia documental, que tem sido reconhecido com vários prémios a nível internacional nos últimos anos. No final de 2021 fiquei em 6º lugar a nível nacional, no top 30 lugar a nível internacional para fotografia individual e top 25 a nível internacional para storytelling.

FOTÓGRAFO

INTERNACIONAL

Uma parte significativa dos meus casamentos são realizados fora da zona de Lisboa. Já fotografei um pouco por todo o país e ilhas, assim como em vários países europeus.
Tendo vivido no Reino Unido, sou fluente em inglês.

O que me distingue como fotógrafo de casamentos

• CONTRATO

Redijo sempre um contrato, para garantir que não me esqueci de nada. Assim não há surpresas.

• PRAZOS

No contrato estabeleço prazos de entrega e raramente ou nunca falho um prazo.

• CONTACTO FÁCIL

A partir do momento que um casamento está adjudicado, crio um grupo do Whatsapp para ser mais fácil contactarmos. Para questões mais complexas, esforço-me por responder aos e-mails em menos de 24 horas.

• NÃO HÁ SURPRESAS NA FOTOGRAFIA

Sou sempre o fotógrafo principal dos meus casamentos. Desta forma consigo garantir a qualidade do trabalho que entrego.

• QUERO FOTOGRAFAR A REALIDADE DOS NOIVOS

Tenho sempre uma conversa para conhecer os noivos e a sua história, relações familiares e quais os melhores amigos. Só assim conseguirei fotografar o casamento à imagem do casal.

• QUERO SER O FOTÓGRAFO CERTO PARA O CASAL

Sou um problem-solver, pro-activo e dou-me sempre bem com toda a gente. Acho que é fundamental haver uma boa química entre mim e o casal, para as fotografias saírem naturais;

• SOU TRANSPARENTE

A minha página Facebook Business tem activada a secção de opiniões de utilizadores, onde eu não poderia apagar opiniões negativas caso as houvesse! Isso prova que as opiniões que encontram no meu site são de casais reais, não inventadas.

• TENHO BACKUPS DE TODO O EQUIPAMENTO

Tenho backup de todo o equipamento fotográfico, um carro de reserva e até um telemóvel extra (para não me perder no caminho e estar sempre contactável);

• EXTREMO CUIDADO COM AS CÓPIAS DE SEGURANÇA

Tenho um cuidado imenso com as cópias de segurança das fotografias, desde a máquina fotográfica aos backups no escritório e online. Nunca perdi fotografias!

• A MINHA FOTOGRAFIA!

Existem poucos fotógrafos maioritariamente/puramente documentais em Portugal. Sou dos poucos (pouquíssimos) fotógrafos documentais de casamento com prémios especificamente de fotografia documental.

exemplo de casamento

Clique no botão abaixo

A IMPORTÂNCIA DA FOTOGRAFIA DOCUMENTAL

O que é - E porque é importante

Muitas das fotografias de casamento que se encontram nos portefólios são editoriais – isto é, são fotografias de pose. Algumas tiradas no dia do casamento, algumas em sessões após o casamento em que os noivos se vestem novamente. Mas essas fotografias são uma pequena percentagem de todas as fotografias que são tiradas ao longo do dia, como tal não reflectem o trabalho total que é entregue.

Outra questão importante a colocar é que as fotografias editoriais são bonitas e que ficam bem numa moldura – mas são importantes?

Um dos elementos que mais define um casamento é a moldura humana, os nossos amigos e familiares que estão lá por nós nesse dia tão especial. É precisamente essa realidade que eu quero fotografar!

Quero captar os momentos reais e genuínos que vão acontecendo ao longo do dia, sobre os quais não tenho qualquer controlo. Não consigo moldar a luz, não consigo posar as pessoas, não consigo escolher o local, por isso fazer fotografias bonitas e impactantes com estas condições é muito difícil. No entanto, é isso precisamente por isso que me esforço e no qual tenho orgulho no meu trabalho.

Mais do que fotografias bonitas, quero tirar fotografias importantes!

« Só a Arte é útil. Crenças, exércitos, impérios, atitudes – tudo isso passa. Só a arte fica, por isso só a arte vê-se, porque dura.»

Fernando Pessoa, Páginas de Estética e de Teoria Literárias. 

Acredito que a arte é um bom investimento. Mas também acredito que deve haver uma lógica que justifique os preços praticados. Por essa razão escrevi uma entrada no meu blog, que poderá achar interessante: Blog – “Porque é que os fotógrafos de casamento são tão caros!”

FECHAR